Celebridades

Chico Pinheiro ironiza noticiário sobre Michel Temer: “De tédio a gente não morre”

A política brasileira foi surpreendida no início da noite desta quarta-feira, 17 de maio, com uma notícia bombástica a cerca do presidente Michel Temer. Ele teria comprado o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) nas delações da Operação Lava Jato, conforme noticiado anteriormente aqui no Famosos na Web.

No entanto, ao repercutir o caso na edição desta quinta-feira, 18 de maio, do “Bom Dia Brasil”, no encerramento do telejornal Chico Pinheiro ironizou o fato de que isto ainda irá render muitas matérias. “É, de tédio a gente não morre, né? Nem aqui e nem Caruaru que está fazendo 160 anos. A capital do forró pernambucana“, concluiu Chico.

Chico Pinheiro ironiza manchetes sobre denúncia de Michel Temer (Imagem: Reprodução/Globo)

Denúncia sobre Michel Temer

Uma notícia divulgada pelo Jornal O Globo trará sérias consequências a política brasileira, podendo inclusive gerar renúncias, impeachment e prisões. O dono do Grupo JBS, Joesley Batista, fez uma delação premiada na semana passada, na qual ele não apenas acusou, mas provou, entregando documentos, vídeos e áudios gravados, nos quais o presidente da república Michel Temer é flagrado incentivando Joesley a comprar o silêncio de Eduardo Cunha na cadeia.

Na informação divulgada pelo colunista Lauro Jardim, Michel Temer conversa com o dono da JBS e ouve do mesmo que ele está precisando de alguém para resolver algum assunto da empresa, logo depois, Michel Temer  aconselha  Joesley que procure o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver o problema. Curiosamente, dias depois, o deputado recebeu a quantia de 500 mil reais e foi filmado pela Polícia Federal nessa ação, portanto há um flagrante.

Veja também:

Em outro ponto, Joesley avisa que Eduardo Cunha estava recebendo uma mesada para se manter calado na cadeia, nesse momento, Michel Temer diz ao dono da JBS que é bom manter (a mesada de Cunha). Tudo isso está gravado e em posse da Polícia Federal. A delação da JBS aconteceu em tempo recorde, iniciando em março deste ano e terminando no início de maio. Joesley esteve na semana passada na sede do Supremo Tribunal Federal e acompanhado de mais 5 pessoas, contou tudo o que sabe.

Michel Temer foi flagrado em escutas telefônicas (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar