Celebridades

Carlos Alberto de Nóbrega recebe homenagem e detona humor na TV paga

Após ter se recuperado de uma gripe, o apresentador Carlos Alberto de Nóbrega retomou os seus trabalhos e compareceu nesta sexta-feira (09), ao SBT com o objetivo de receber uma homenagem pelos 30 anos de “A Praça é Nossa”.

Na ocasião, o humorista surgiu no estúdio de sua atração mancando de uma das pernas, em razão de uma inflamação ocasionada nos ligamentos do joelho, tendo, portanto, dificuldades para sentar no banco. Durante a homenagem, Carlos Alberto se emocionou ao rever em um telão os antigos colegas que já passaram pelo programa, e ainda afirmou, em lágrimas, que seu pai, Manuel de Nóbrega, é “o dono da ‘Praça’”.

No mais, ele também falou sobre Silvio Santos, o responsável em tirá-lo da TV Bandeirantes, em 1987, e levá-lo para o SBT, onde ele pôde reinventar a “Praça”. “Fiquei com medo, porque vinha da Globo, onde fazia ‘Trapalhões’ e podia tudo. Na Band, já era ruim. Quando o Silvio entrou no palco [na estreia de ‘A Praça É Nossa], não acreditei. Ele fez a maior declaração de amor, respeito e carinho que um ser humano fez. Não consigo vê-lo como patrão”, disse.

Além do mais, Carlos ainda fez uma linda declaração de amor para a sua namorada, a nutróloga Renata Domingues, além de revelar que ela irá morar com ele em sua casa. “Nunca fui tão feliz na minha vida. Conheci a mulher ideal. Demorou, mas achei. Eu a vejo como uma dádiva de Deus. Moro sozinho há oito anos e não quero mais isso. Casar não, nem tenho mais idade. Mas ela vem morar comigo. Quero terminar minha vida com ela”, contou.

Veja também:

O apresentador também foi duro na hora de comentar sobre os programas de humor que são produzidos nas TVs pagas, alegando que lá elas só veiculam conteúdos impróprios para menores de 18 anos. “Essa turma que faz TV fechada está perdendo a maior chance de fazer sucesso na TV aberta. Você não conhece um que tenha dado certo. O humor que eles chamam de ‘inteligente’ é só s@x#. Humor que se faz na TV fechada é da cintura para baixo. É só s@x#, só sacanagem, só palavrão, só ‘homossexualismo'”, relatou.

Quando questionado sobre aposentadoria, Carlos foi curto e grosso: “Eu estou preparado para parar sim. Pela amizade que eu tenho com Silvio. Se um dia ele disser ‘parou’, parou! Pode ser até que eu ganhe mais por não estar trabalhando”, declarou ele, que ainda afirmou não gostar desse termo, pois o mesmo acredita que seria como pensar na morte. Com informações do site “UOL”.

Carlos Alberto de Nóbrega é homenageado pelos 30 anos de “A Praça é Nossa” (Foto: Francisco Cepeda/AgNews)

Você também pode gostar