Celebridades

Cantor Zeca Pagodinho é condenado á três anos por superfaturamento em shows

Por essa o cantor Zeca Pagodinho não esperava ou até esperava, isso porque o cantor e outras quatro pessoas foram condenadas por um envolvimento em fraudes em shows na cidade de Brasília no ano de 2008. De acordo com o ministério público ouve superfaturamento nos contratos do artista para o evento.

Os shows eram 15ª Expoagro e do aniversário de Brasília. Na exposição, foram gastos R$ 170 mil apenas com o cachê de Zeca.  O que despertou problemas foi que a poucos meses antes em shows foram pagos R$200 mil incluindo já o cache e outros serviços. 

Mas no aniversário da capital, o cachê foi de R$ 120 mil por apenas 45 minutos de apresentação, o valor é semelhante ao que foi cobrado por um show com uma hora e meia de duração. Após 7 anos o ocorrido Zeca Pagodinho agora foi julgado e culpado pelos superfaturamentos a  três anos de detenção em regime aberto, sendo a pena convertida em prestação de serviços à comunidade e ao pagamento de multa. Os outros envolvidos também terão que pagar multa de 2% do valor dos contratos.

 

 

Zeca foi condenado a três anos de regime aberto por superfaturamento em shows.
Zeca foi condenado a três anos de regime aberto por superfaturamento em shows.