Celebridades, Novelas

Cantor Roberto Leal morre aos 67 anos após sofrer complicações de um câncer de pele

Na madrugada deste domingo (15), o cantor Roberto Leal faleceu aos 67 anos de idade. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, que confirmou a informação junto do empresário, José de Sá. A morte foi causada por uma insuficiência hepato-renal em consequência de um melanoma maligno (câncer de pele), que evoluiu e atingiu o fígado.

Leal, que foi batizado como Antônio Joaquim Fernandes, passou os últimos três anos tratando de um câncer de pele, que teve metástase e afetou seus olhos e coluna. O cantor se internou na segunda-feira (9), quando foi fazer o tratamento que sempre fazia a cada 15 dias, mas acabou piorando. Roberto Leal deixa a esposa Márcia e três filhos, Rodrigo, Vitor e Manuela.

“Ele foi melhorando. Estava bem, na semana passada fizemos TV ao vivo, ele vinha fazendo shows”, disse o empresário, José de Sá. “Na quinta, ele deu uma melhorada, mas ontem piorou e não teve jeito, teve uma crise e morreu às 3h30 da manhã”, completou.

Veja também:

O velório acontecerá hoje (16), das 7h às 14h, na Casa de Portugal, na avenida Liberdade, região central de São Paulo e será aberto para o público. O enterro será às 15h no cemitério de Congonhas. A última aparição de Roberto Leal foi no Aqui na Band, com Silvia Poppovic e Ernesto Lacombe, cantando a música Chora, Carolina. Roberto tinha shows até maio de 2020.

O cantor português Roberto Leal morre aos 67 anos de idade (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar