Bruna Lombardi recusa convite de Michel Temer para assumir secretaria de Cultura no governo

Seguindo o destino de Marília Gabriela, Bruna Lombardi resolveu negar também o convite de Michel Temer para assumir a secretaria de Cultura do governo. O presidente interino polemizou após extinguir o Ministério da Cultura e ainda por não colocar nenhum nome feminino entre a listagem de seus aliados.

Em resposta à polêmica, Temer procurou a jornalista para integrar a secretaria que está representando aquilo que antes era um ministério, mas recebeu um grande não. Esta negação, por sua vez, se estendeu a atriz da Globo. De acordo com a colunista Keila Jimenez, a sondagem partiu da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) que recebeu dela a seguinte resposta: “Fiquei agradecida pelo convite, mas não tenho pretensões políticas e estou totalmente envolvida com meus projetos profissionais“.

Se engana que apenas Gabriela e Lombardi que estiveram na mira para ocupar o cargo. Outras duas mulheres estão sendo sondadas e confirmam publicamente as conversas, que são os nomes de Cláudia Leitão e Eliane Costa. Com tamanha recusa, a secretaria está virando uma verdadeira mazela para o novo governo.

(Bruna Lombardi seguiu o destino trilhado por sua colega)
(Bruna Lombardi seguiu o destino trilhado por sua colega)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários