Celebridades

Bruna Linzmeyer ironiza rótulos e fala sobre preconceito

Um dos destaques de A Força do Querer, folhetim das nove que terminou na última sexta-feira (20), Bruna Linzmeyer ironizou os rótulos em torno de sua opção sexual, em entrevista concedida à revista Trip. “Agora sou a bissexual, a lésbica… bom, é o que eu sou e é estranho que o mundo se assuste com verdades”, afirmou.

A atriz, atualmente namorando com Priscila Visman, e que recentemente criticou a reação do público após anunciar que está envolvida com uma mulher, defendeu a igualdade de gênero. “O machismo me atazana, faz meu estômago revirar e me impulsiona nessa caminhada porque me faz não ficar parada”, declarou ela, que acrescenta não procura mudar seu jeito de agir caso seja flagrada por paparazzis. “Nunca deixei de beijar uma mulher em um restaurante ou na praia porque alguém poderia bater uma foto e isso virar notícia”.

Linzmeyer destacou a importância de que sua opção sobre o assunto é uma das coisas que complementam na sua personalidade. “Ser bi, ser lésbica, é uma parte do que eu sou. Eu tenho um trabalho e isso é também o que sou, aquilo em que eu acredito. Eu, uma menina-mulher de 24 anos tendo que lidar com coisas que estão no jornal, meu rosto numa revista”, analisou.

Veja também:

Ainda durante a entrevista, a global se mostrou espantada de como ser uma celebridade causa influência nas pessoas. “Eu fico assustada, um pouco encantada, de como o artista tem voz. As pessoas escutam o que a gente diz e, de algum jeito, têm algum carinho”, opinou.

Bruna Linzmeyer (Foto: Divulgação)

Bruna Linzmeyer (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar