Cinema

Brasil terá mais 3 mil salas de cinema ainda em outubro

Apesar da imprensa divulgar cada vez mais a crise na qual o país passa, o Cinema brasileiro segue “muito bem obrigado”. De acordo com Agência Nacional do Cinema (Ancine), o mercado cinematográfico brasileiro vai recuperar a marca de 3 mil salas de exibição ainda no mês de outubro.

Em entrevista, o diretor-presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Manoel Rangel, falou sobre os cinemas hoje em relação aos da década de 70. “As salas de cinema desse período eram pouco confortáveis, com cadeiras duras e uma série de fatores muito distantes do que é o parque exibidor atual. Hoje, temos 3 mil salas de cinema, e a maior parte é um parque exibidor moderno, do último tipo”, comparou.

“Estamos longe dos nossos objetivos, mas o audiovisual construiu um cenário de conquistas inegáveis e mudanças profundas”, afirmou Rangel.

Rangel disse que ainda é preciso aumentar a acessibilidade ao cinema no Brasil e que o governo não tem ingerência sobre o preço dos ingressos. “Este é um desafio, mas não é ruim ter uma sala confortável, digitalizada, e com bom padrão. Todas devem ser assim porque é isso que as pessoas estão buscando”, disse Rangel.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação