Boni detona Globo por novo “JN” mais informal: “isso não tem sentido”

O famoso “Jornal Nacional” surpreendeu o público em 2015 após lançar seu modo mais diferente da história em se tratando de formato. A seriedade e formalidade acabou se deixando pra trás e dando as caras para um novo modo de se fazer telejornal, sendo alvo de críticas e de maioria em aprovações. As críticas negativas foram muitas, como a de se parecer com o “RedeTV News”, e as positivas davam a entender sobre o desgaste do antigo formato.

Pode ter agradado a muitos, mas a profissionais no caso, nem tanto. (Imagem: Divulgação/Globo)
Pode ter agradado a muitos, mas a alguns profissionais no caso, nem tanto.
(Imagem: Divulgação/Globo)

Entretanto, ainda há quem discorde de tudo. Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo a jornalista de entretenimento Cristina Padiglione, o famoso “carrasco” da Globo, que deixou o canal e desde então só faz críticas negativas, não fez diferente ao falar mais uma vez sobre. Sendo questionado a cerca da nova era de novelas e o novo formato do “Fantástico” e do “JN”, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, rendeu comentários tendenciosos e seus principais foram desaprovando a informalidade no novo “JN”.

Hoje, mais do que nunca, o cara quando vê o ‘Jornal Nacional’, já viu aquilo em outro lugar. Então, o que o espectador precisa ver ali? Se aquilo é verdade. O cara tem que sentar lá e fazer sério. Agora, levantar, botar apelido, chamar de Maju, isso não tem sentido. O Brasil é um país informal, mas o ‘Jornal Nacional’ é um boletim de hard news, informação, e tem que passar a percepção de que se [a notícia] deu no ‘Jornal Nacional’, é verdade“, diz Boni.

Ele não está gostando da nova era televisiva, e a modernidade pra ele anda sendo monótona. (Imagem: Divulgação)
Ele não está gostando da nova era televisiva, e a modernidade pra ele anda sendo monótona.
(Imagem: Divulgação)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários