Noticia, Novelas, Segundo Sol

Bomba em Tempo de Amar: Maria Vitória é filha de Celeste Hermínia

Nos próximos capítulos de Tempo de Amar, uma descoberta vai cair feito uma bomba. Numa cena que está prevista para ir ao ar no dia 13 de dezembro, Maria Vitória (Vitória Strada) acabará sabendo toda a verdade sobre seu passado. Ela saberá que foi separada de sua mãe por conta de Delfina (Letícia Sabatella), amante de José Augusto (Tony Ramos), e que é filha de Celeste Hermínia (Marisa Orth).

Maria Vitória, que acredita ter perdido a mãe, fará a descoberta quando salvar a cantora de fado de um afogamento. “Tu quem és?“, questionará Celeste. “Sou Maria Vitória, de Morros Verdes. Filha de tua amiga Mafalda“, dirá a moça, que já terá reencontrado sua tia Alzira (Deborah Evelyn). Logo em seguida, a fadista revelará: “Eu sou Mafalda. Eu sou tua mãe!“.

+ Resumo da novela Tempo de Amar da Rede Globo

+ Resumo da novela Senhora do Destino da Rede Globo

+ Resumo da novela Bicho do Mato da RecordTV

Em choque, Maria reagirá: “Não entendo… Se a senhora é minha mãe, por que me deixou em Portugal? Por que me abandonou?“. Celeste, então, se explicará e negará tê-la abandonado. Dirá que foi forçada a isto, e argumentará alegando que isto aconteceu assim que veio à tona a traição de José Augusto com Delfina, que deu fruto à Tereza (Olivia Torres).

Veja também:

Tereza é minha irmã? Meu Deus! Nós fomos criadas juntas, mas como amigas. E foi por esse motivo que a senhora me abandonou?“, esbravejará Maria, incrédula. A fadista continuará se justificando, quando aparecerá cenas em flashback dela fugindo com a filha nos braços e José Augusto a pegando no flagra. “Eu tentei resistir. Eu briguei por ti“, lamentará a amante de Conselheiro Francisco (Werner Shünemann).

Mãe de Vitória foi expulsa de casa após descobrir traição de José Augusto

Nos próximos capítulos da atual novela das sete, Tempo de Amar, você verá que Celeste Hermínia (Marisa Orth) acabará se afogando e será salva por Maria Vitória (Vitória Strada), sua própria filha. Hermínia dirá que foi expulsa de casa por José Augusto (Tony Ramos) após a mesma descobrir a sua traição com Delfina (Letícia Sabatella), mulher com quem ele teve uma filha. Depois de ser humilhada daquela forma, ela armou um plano de fuga para quando seu marido estivesse viajando, porém, o mesmo acabou descobrindo tudo, chegando bem na hora em que ela se preparava para fugir.

A mãe de Maria Vitória explica que foi escorraçada de casa pelos policiais, que ainda a levaram até o navio, obrigando a mesma a embarcar para o Brasil: “Ainda vi José Augusto contigo no colo, à porta da casa. Vi o ódio que ele sentia por mim. E quanto ódio eu tive dele. Fui levada para a cidade do Porto, onde embarcaram-me à força no navio. Os policiais vigiaram-me até que o navio zarpou“.

Espantada com a história, Vitória dirá que não tinha a menor ideia dessa história, e que ao longo da sua vida sempre ficou sabendo que sua mãe tinha morrido de pneumonia. Hermínia conta que aqui no Brasil teve a oportunidade de alcançar a fama: “Quase morri. Mas foi de sofrimento. Reconstruí minha vida. Conquistei fama e sucesso com meu fado. Mas sempre senti esse vazio imenso no coração. Tua ausência sempre foi maior do que tudo“, dirá emocionada.

Maria Vitória e Celeste Hermínia em Tempo de Amar (Imagem: Divulgação/Globo)

Maria Vitória e Celeste Hermínia em Tempo de Amar (Imagem: Divulgação/Globo)

Você também pode gostar