Celebridades

Bomba! Datena é acusado de assédio e processado por repórter; apresentador se defende

O jornalista e apresentador José Luiz Datena, 61 anos, acabou se envolvendo em uma grande polêmica com uma ex-repórter do Brasil Urgente, da Band, a jornalista Bruna Drews, de 35 anos, que está acusando e processando seu antigo patrão por assédio sexual, tema este que encontra-se atualmente em bastante evidência nos noticiários televisivos.

De acordo com informações publicadas pelo jornalista Daniel Castro, no site Notícias da TV, Bruna já deu entrada junto ao Ministério Público de São Paulo no pedido processual, onde alega que o âncora disse a ela que a mesma “não precisava emagrecer porque já ‘era muito gostosa'”, sem contar ainda que ele afirmou por diversas vezes que “teria se masturbado pensando nela e que achava ‘um desperdício’ a profissional ‘namorar uma mulher'”.

O fato, no entanto, aconteceu no dia 07 de julho de 2018, em meio a uma celebração pelo fim das gravações do quadro A Fuga, do extinto Agora é com Datena, em um bar localizado na região central de São Paulo. A justificativa dada pela loira, segundo a publicação, em mover um processo contra Datena somente agora se deu em virtude da profissional ter sofrido uma “grave crise de depressão e pânico” na época, e por isso não conseguiu registrar a queixa.

Em contrapartida, a TV Bandeirantes também está na mira de Bruna Drews, que entrou com uma ação trabalhista contra a emissora, pois ela diz que a empresa foi “conivente com Datena”. Já em relação ao apresentador, ficará agora sob a responsabilidade do Ministério Público decidir na próxima semana “se abre uma investigação policial ou se pede diretamente a abertura de um processo na Justiça”.

Em resposta as acusações, Datena negou qualquer intenção sexual com a repórter e garante ter provas. “Isso não é verdade, é falso. Eu disse para ela que ela era uma pessoa bonita. Dizia no ar, pra todo o Brasil ouvir, [que é] bonita e competente. Ela nunca reclamou, só me agradeceu por tratá-la bem”, explicou.

Veja também:

Logo depois, o jornalista detalhou: “Um dia, durante as gravações do quadro A Fuga, ela estava muito magra, passou mal e eu pedi para que ela fosse atendida. Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era competente. Tirando isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”, afirmou ele em seu relato.

Em nota, a Band optou por não se manifestar sobre a ação trabalhista que a jornalista está movendo contra o canal. “O processo trabalhista em questão tramita em segredo de Justiça, a pedido, inclusive, da própria autora. A Band está impedida de se manifestar sobre o assunto”, disse.

Bruna Drews, por sua vez, está afastada da TV desde julho do ano passado, quando pediu para tirar licença médica devido a problemas pessoais sofridos por conta de seu trabalho na área policial. Segundo a loira, ela vinha sofrendo ameaças de morte constantes por parte de bandidos e, com isso, acabou desenvolvendo a síndrome do pânico.

Datena é acusado de assediar Bruna Drews em um bar de São Paulo (Foto: Reprodução)

Datena é acusado de assediar Bruna Drews em um bar de São Paulo (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar