BBB, Noticia

BBB18: Patrícia revela o horror de ver o pai ser assassinado na sua frente

A cearense Patrícia uma mulher bem animada, alegre, e, embora tenha sua personalidade forte, procura não criar inimizades nessa reta inicial de jogo. No entanto, em conversa com Ayrton na tarde desta quarta, 31, a mulher revelou ter passado pelo horror de assistir a morte do seu próprio pai, que sofreu um latrocínio (que é o roubo seguido de morte).

“Eu vi o meu pai em pé baleado. Foi a cena mais horrível que já vi na minha vida”, “Ele ainda ficou 24 horas vivo e morreu 15 minutos para a virada do ano, no dia 31 de dezembro”, disse a mulher, que elogiou bastante o seu pai. “Meu pai era muito meu amigo, era um pai muito bom. Assim como você com a Ana Clara. Meu ex-marido que me contou quando ele faleceu. Tentaram me medicar, mas eu não deixei. Saí correndo na rua só de blusa e calcinha”, ressaltou a moça, deixando Ayrton bastante chocado com o relato.

Mahmoud teme ir para o paredão

Como já era de se esperar, a ousadia, impulsividade e falta de estratégia por conta de Mahmoud poderá custar a ele um banco no time dos emparedados desta semana. Ao colocar Mara e Ana Paula na última eliminação, o rapaz, até o último momento, não fez questão de esconder sua torcida para que Mara pudesse voltar, o que não ocorreu. Ana Paula voltou pro jogo ainda mais forte, e, o rapaz sabe que corre um sério risco de ir para no time de aspirantes a eliminado.

Veja também:

Em conversa com Jéssica, ele demonstrou sua preocupação: “Eu tenho medo, se eu for eu não volto”, “É que eu sou muito fechado, sou diferente da galera. Eu não bato papo”, disse o homem, que antes já havia dito que temia ser visto como o malvado da casa. Mahmoud reconhece que: “Chumbo trocado não dói”, porém garante que não mudará seu jeito de ser, embora admita que vai buscar uma aproximação das pessoas que ele gosta, fazendo o posto com aquelas que ele não possui afinidade.

Patrícia assistiu ao assassinato do pai (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar