BBB

“BBB17”: Ilmar fala sobre Marinalva

Marcos, Emilly, Marinalva e Ilmar estavam sentados o sofá e Daniel está sozinho em uma cadeira quando o advogado diz: “Pedro, estou cuidando. Dando de beber, dando de comer”. “E brigando comigo”, diz Marinalva. E Ilmar brinca: “Eu brigo o necessário, o problema é que você é teimosa”.

Ilmar e Marcos revelam porque entraram no confinamento

Humildade é uma coisa que, com certeza, não é comum para todos. A prova foi tamanha que, no início da tarde desta terça-feira, 07 de março, enquanto se exercitavam na academia da casa do “Big Brother Brasil 17”, Ilmar e Marcos começaram a conversar sobre o que lhes motivaram a entrar no confinamento.

O cozinheiro foi bem direto e sincero, e revelou: “Eu coloquei na balança não foi nem o um milhão e meio, mas a exposição nacional. Amplificar e vender as minhas ideias“.

Por sua vez, o gaúcho aproveita a situação para abrir o jogo e confessa: “Eu não contei como ganho, contei com a exposição. Meu plano era: se eu ficar duas semanas está bom.  Expor ideias, divulgar cirurgia plástica. Mas já notei uma coisa aqui. Quando você começa a falar sobre o seu próprio trabalho, a galera meio que te corta“.

Marcos e Ilmar conversam no “BBB 17”. (Imagem: Reprodução/Globo)

Ilmar detona Daniel e revela torcida para que ele não se torne líder

Veja também:

A divisão dos participantes do “BBB” nem foi o ápice perto da falsa eliminação de Emilly, que foi decidida após Daniel optar por retira-la, em vez de votar em Ieda. No final das contas, mesmo do lado mexicano, onde aparentemente a paz teria que reinar, tudo acabou ficando estranho, já que Ilmar, assim que acordou, parou para fazer uma reflexão.

No final das contas, o rapaz deduziu que Daniel é uma pessoa de múltiplas facetas, e que ele gosta bastante de transitar entre os grupos, o que soa como falsidade, já que em um momento importante, ele deixou de ser por Emilly e optou por manter Ieda na casa. Analisando, Ilmar ainda  garantiu que seria melhor que Elis tivesse voltado, pois a posição dela no jogo era mais clara que a do Daniel.

“A Mari e a Emilly têm que voltar. Porque se a Mari e a Emilly voltam, o grupo fica mais coeso, fica quatro a quatro. A incógnita seria o Daniel. Por osmose, ele teria que aderir ao grupo maior, mas até quando? Mas já percebemos que o comportamento dele muda. Quando está no grupo de lá é muito mais extrovertido. Quando ele tá aqui ele é introvertido. Por quê? Desde o começo ele se juntou ao grupo que perseguiu o Marcos. Ele vem sobrevivendo até agora, foi para um Paredão e voltou. O crime mais grave da Elis foi permitir que eu e ele voltássemos”, diz Ilmar, que antes disso já tinha dito: “Eu, Marcos e Emilly estamos sólidos. Acho que a Marinalva está mais pra cá do que pra lá. Por que Daniel fica na zona cinza? Se lá fora ele é tido como traidor, ele nunca vai chegar a um milhão e meio de reais”. Essa conversa ele teve consigo mesmo. Ninguém ouviu.

Você também pode gostar