BBB

“BBB17”: Emilly fala sobre a falsa eliminação

Marcos e Emilly estavam conversando quando o cirurgião comenta que a eliminação falsa era a mesma coisa que o Paredão e a gaúcha diz não concorda: “Não, no Paredão tem chance de voltar, desse jeito não. Desse jeito eles estavam me tirando daqui sem dó e nem piedade”.

Entenda o caso

Na noite de hoje, 06 de março, os participantes do “BBB17” foram enganados por Tiago Leifer. Mais cedo eles foram avisados para arrumarem seus pertences e logo ficou um clima de eliminação no ar. Assim que o programa entrou no ar, o apresentador disse que, só dessa vez, o publico deu a eles o poder de eliminar alguém diretamente.

A votação foi aberta e Emilly recebeu seis votos, sendo eles de Roberta, Pedro, Vivian, Rômulo, Ieda e Daniel, contra cinco de Ieda, sendo eles de Emilly, Ilmar, Marinalva e dois de Marcos – por causa do poder da pulseira branca que recebeu de Ilmar.

Veja também:

Ao ser mandada para o confessionário, Emilly, ainda enganada, teve que escolher quatro pessoas para participarem da prova do líder na próxima quinta-feira. Ela escolheu Marcos, Marinalva, Ilmar e Daniel. Depois dessa decisão, a gaúcha foi levada para uma ‘casa’ que foi construída dentro da casa principal, e lá ficou sabendo que não havia sido eliminada, mas que iria disputar a prova do líder com as quatro pessoas que escolheu caso não fosse eliminada amanhã.

Informado que iriam disputar a prova do líder quinta, os quatro brothers foram levados para o ‘México’, nome dado a casa construída na área externa, quando entraram, perceberam que Emilly não havia sido eliminada. Ilmar foi o primeiro a abraçá-la, Dani logo pediu desculpas por ter votado nela, Mari ficou aos pulos e Marcos não conseguiu conter tamanha emoção ao ver a amada. Os outros confinados ficaram na ‘América’ e disputaram a prova do anjo. Vale ressaltar que o paredão de amanhã, 07 de março, continua a mesma coisa e ocorrerá normalmente.

Você também pode gostar