BBB

“BBB 17”: Ieda confessa ter superado um trauma no confinamento

Parece que algo tão comum fora da realidade de um confinamento como o “Big Brother Brasil” acabou sendo exatamente o que passava uma das participantes desta décima sétima edição. Em conversa com Emilly e Vivian durante o café da manhã, Ieda confessa enquanto relembra o programa da última noite, 11 de abril, que teve Tiago Leifert ao vivo em uma conversa dentro da casa: “Isso pra mim foi uma superação: falar“.

Sério? Você não falava?“, questiona a advogada, que é respondida: “Não“. “Mas é tão natural“, diz Emilly. A aposentada então dá maiores detalhes sobre este seu lado tímido, que foi superado dentro do confinamento. “Quando fui diretora tinha que falar de vez em quando nas reuniões e eu quase morria“, conta Ieda.

Ieda “BBB17” (Foto: Reprodução)

Emilly supera saída de Marcos e acorda contente

Parece que Emilly já deixou para trás tudo o que viveu entre a segunda-feira, 10 de abril, e a terça-feira, 11 de abril, com a falta de Marcos após sua expulsão do “Big Brother Brasil 17”. Ao acordar nesta quarta-feira, 12 de abril, ela estava contente e feliz, diferentemente da maneira que esteve durante as últimas horas.

Veja também:

Assim que grava seu Raio-X, a gaúcha volta para o Quarto Preto e cumprimenta Vivian e Ieda com bastante alegria: “Bom dia! Está tendo música lá fora“. “Sério?“, responde a manauara que tem acabado de despertar. Com bom humor, Emilly brinca e espera que tenha uma refeição especial para as sisters: “Não vou comer um grão de nada“.

Emilly no “BBB 17”. (Imagem: Reprodução/Globo)

Você também pode gostar