Band, Noticia, Programas

Band acompanha desempenho de programas e ameaça acabar com os que estão dando prejuízo

Segundo informações do colunista Flávio Ricco, do UOL, a Band está prestando mais atenção em sua programação. Para evitar os mesmos erros, a direção da emissora está acompanhando de perto os resultados obtidos por cada uma de suas atrações, além da audiência.

Se caso um programa não esteja indo como o esperado, a ordem é retirar do ar imediatamente. Alguns deles ainda podem ficar no estágio de alerta, se possuírem relevância para o público e dentro do próprio canal. Na Band, ao se falar em ‘não repetir os erros do passado’, sempre é citado o “Superpoderosas”.

O programa foi para o ar por cerca de seis meses, acumulando um prejuízo superior a R$ 600 mil. O fim da atração, comandada por Natália Leite, aconteceu em novembro de 2018. O Superpoderosas foi idealizado por Ana Paula Padrão através da plataforma Escola de Você.

Veja também:

O Superpoderosas era um produto voltado totalmente para a mulher contemporânea, tratando diversos temas. O seu horário na programação da Band era na faixa da manhã, algo que sempre foi questionado por todos como uma das razões para ter fracassado.

Natalia Leite comandava o Superpoderosas na Band (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar