Noticia, Programas

Bailarinas, após demissão do Domingão do Faustão, são contratadas pelo SBT

Larissa Parison e Tuanny Suemy, duas das onze bailarinas que foram demitidas do Domingão do Faustão, já estão novamente empregadas. As dançarinas foram chamadas pelo SBT para fazer parte do balé de Ratinho, Celso Portiolli e Silvio Santos.

Parison, que quase foi promovida no Faustão, mas recusou a proposta, já pode ser vista no SBT. Ela apareceu nesta terça-feira (30) no Programa do Ratinho e anunciou nas redes sociais seu retorno à emissora, onde trabalhou durante quase dois anos, antes de ir para a Globo.

“Sim, o bom filho à casa torna! Antes que todo mundo me pergunte, sim, estou no SBT. Não estou fixa, não voltei para cá definitivamente como antes, porque vocês sabem que eu já trabalhei aqui, mas a vida segue. Gosto de ganhar dinheiro, gosto de trabalhar com dança, não tenho ego e nunca tive, isso foi claro para todos desde que eu saí do SBT, sempre mostrei que gostava muito de trabalhar aqui e tenho muito orgulho desta empresa. Estou aí, gente, trabalhando”, escreveu ela.

Veja também:

Tuanny ainda não comentou oficialmente o seu retorno ao SBT, onde trabalhou durante quatro anos, mas ela participará de uma gravação ainda nesta semana. Procurada, o SBT confirmou que as duas bailarinas retornaram por cachê, e não por contrato fixo, como era na Globo.

Segundo informações do UOL, elas e outras bailarinas de Silvio Santos recebem cerca de R$ 250 por gravação e para uma bailarina não contratada. Quando Ratinho grava dois programas no mesmo dia, as profissionais embolsam R$ 500. Sem contar o Programa Silvio Santos, sorteios da Tele Sena e Domingo Legal, três atrações que utilizam o balé o balé com frequência.

Larissa Parison e Tuanny Suemy, bailarinas demitidas do Faustão, contratadas pelo SBT (Foto: Reprodução/Instagram)

Você também pode gostar