Novelas

Autores de “Novo Mundo” fazem análise sobre o folhetim

A Globo veiculará logo mais nesta segunda-feira (25), o último capítulo de “Novo Mundo”. O folhetim das seis, que fez sucesso no decorrer de sua exibição, sai de cena cravando um dos melhores desempenhos do horário em anos. Thereza Falcão e Alessandro Marson, responsáveis pela obra, analisaram o enredo, em entrevista concedida ao Gshow.

“Em 2015 começamos a desenvolver as primeiras linhas do que viria a ser ‘Novo Mundo’. Partimos de um desejo de falar sobre heroísmo, sobre personagens que sacrificassem em prol da coletividade. Entre a entrega da sinopse para a Globo e a entrega do último capítulo para a produção foram exatos dois anos de trabalho contínuo”, afirmaram eles, que irão repetir a parceria bem-sucedida em breve.

Mesmo com todo o cansaço, os dramaturgos declararam que vão sentir falta de escrever o folhetim protagonizado por Isabelle Drummond e Chay Suede. “Descobrimos com ‘Novo Mundo’ a importância de conhecer a nossa história. É algo que nos permite refletir sobre nosso presente e cuidarmos do nosso futuro”, analisaram.

Veja também:

“Fizemos isso o tempo todo na novela, falando do passado, mas conversando com a atualidade. O público reconheceu essa estratégia e aprovou. Foi uma grande felicidade ver que conseguimos instigar as pessoas a saber mais sobre os fatos históricos que representamos”, concluem os estreantes.

Os autores posam com o diretor artístico Vinícius Coimbra, ao centro (Foto: Ellen Soares/Gshow)

Você também pode gostar