Atropelador do filho de Cissa Guimarães recebe condenação pelo homicídio

Nesta terça feira (3) aconteceu o julgamento de Roberto e Rafael Bussamra, pai e filhos foram julgados no processo da morte do filho de Cissa Guimarães, os dois foram condenados em segunda instância e mais três anos de serviços comunitários.

O resultado do julgamento não agradou a família do jovem Rafael Mascarenhas que faleceu no ano de 2010, em rede social seu irmão João Velho declarou, “Hoje foi um dia difícil. Quero agradecer a vocês, nossos amigos, que transmitem tanto carinho e demonstram tanto interesse no caso do meu irmão Rafael Mascarenhas. Gostaria de dar uma boa notícia, mas infelizmente não é o caso”,  continuou, “O réu, Rafael Bussamra, estava respondendo por homicídio culposo e corrupção ativa. Se acaso fosse condenado, provavelmente enfrentaria mais ou menos uns 4 ou 5 anos de regime semi-aberto. O mesmo foi absolvido das acusações de corrupção por, de acordo com o relator, não haver provas suficientes de que participou da negociação da propina para os policiais liberarem os envolvidos e ajudar a maquiar as provas do atropelamento, ou seja, foi considerado quase como um menino amedontrado, acuado, sem chances de tomar quaisquer atitudes enquanto seu pai, Roberto Bussamra (este sim condenado por corrupção), resolvia tudo à sua revelia. Mas esse ‘menino’ é um homem feito (foto abaixo), bastante capaz de fazer suas próprias decisões e ninguém vai me convencer de que ele não teve a menor participação nesse esquema no qual o maior beneficiário era o próprio. Né?”.

A apresentadora Cissa Guimarães do “É de casa”, também se manifestou, “Saio do julgamento do processo do meu filho Rafael Mascarenhas com o peso da sentença: três anos e alguns meses de serviço comunitário por homicídio para o atropelador/assassino do meu filho. Ficarão livres prestando serviços comunitários”.  O processo pode ainda não esta no fim já que ainda podem recorrer o tamanho da pena, ambas as partes.

 

0,,20712150-EXH,00
Cissa Guimarães e os filhos Rafael a esquerda e João a direita
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários