Celebridades, Noticia

Ator Zé de Abreu é processado por hospital de São Paulo; global deverá desembolsar R$ 100 mil após publicação polêmica

O ator José Pereira de Abreu Júnior, mais conhecido popularmente como Zé de Abreu, acabou se envolvendo em uma grande polêmica no início deste ano, quando escreveu em seu Twitter uma mensagem em que atacava o governo Bolsonaro e o Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

Na ocasião, o ator teceu duras críticas à posse do então Presidente da República e ainda acusou o hospital de ter sido o culpado pela eleição do ex-deputado. “Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad, com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM israelense, o matador e corrupto Bibi. A união entre a igreja evangélica e o governo israelense vai dar merda”, alegou.

Sendo assim, o global, que, inclusive, está escalado para a próxima novela das nove, “A Dona do Pedaço”, foi processado por danos morais pela entidade, que informou que ele cometeu “difamação, ofensa e antissemitismo, entre outras coisas”.

De acordo com informações publicadas pelo colunista Ricardo Feltrin, “a ação foi movida pelo escritório Milnitzki Advogados, iniciada no Foro Regional de Santo Amaro”. Zé de Abreu, por sua vez, já foi comunicado da decisão. “Tudo isso é delírio, dir-se-á. O réu seria simplesmente alguém carente de discernimento, um deficiente mental, para usar a terminologia da lei civil”, declarou o texto do Hospital Albert Einstein.

Veja também:

Em seguida, o comunicado também avisa que não possui nenhuma responsabilidade pelo que aconteceu com Jair Bolsonaro na época em que ele foi atacado com uma faca às vésperas das eleições, em 2018, durante campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG).

“Portanto não importam a qualidade do texto, a higidez do raciocínio (…). O que importa é que o réu elegeu inimigos vulnerados por séculos de discriminação e os colocou como vilões partícipes do processo de derrota de seu candidato na recente eleição presidencial”. Com isso, Abreu, portanto, deverá desembolsar o valor referente a R$ 100 mil pelas suas declarações, a pedido do hospital.

Zé de Abreu foi processado por danos morais pelo Hospital Albert Einstein (Foto: Reprodução)

Zé de Abreu foi processado por danos morais pelo Hospital Albert Einstein (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar