Esporte

Atacante Getterson revela que ficou muitíssimo frustrado após ter contrato cancelado pelo SPFC

O jogador Getterson, de 25 anos, ficaria no São Paulo emprestado até o fim deste ano, no entanto o atacante teve o seu contrato cancelado no momento em que a diretoria do SPFC encontrou em seu Twitter citações pejorativas e homofóbicas do jogador quando se referia ao clube.

Desta forma, Getterson retornou à Curitiba e, em entrevista ao portal online do São Paulo revelou ter ficado muito triste com o desfecho da história: “Fiquei muito triste. Se alguém me visse, ia tomar um susto. Abalou muito. É uma coisa muito diferente. Então a proporção que tomou foi muito grande, me assustei demais com a recupercussão”, revelou o jogador.

Veja também:

“Mas o que mais me preocupou foi em não dar sequência ao trabalho no São Paulo. O clube estava me contratando pelo futebol, não pelo que fui no meu passado. Hoje sou profissional, estava louco para vestir a camisa do São Paulo, mostrar meu trabalho. Infelizmente, nem tive oportunidade de mostrar isso, de mostrar para o torcedor quem sou eu de verdade, independente de qualquer coisa”, concluiu ele, visivelmente abalado.

Getterson (à direita) perdeu contrato com SPFC por tweets pejorativos (Foto: Reprodução)

Getterson (à direita) perdeu contrato com SPFC por tweets pejorativos (Foto: Reprodução)

Curtidas

Você também pode gostar