TV

Assaltada, repórter do Brasil Urgente revela os momentos de terror

A jornalista Joana Treptow relatou hoje, 26, durante o Brasil Urgente, os momentos de terror que passou ao ser vítima de arrastão ontem, 25. A repórter estava com uma amiga em um restaurante no Rio de Janeiro, quando o mesmo foi invadido por três homens armados, que fizeram uma verdadeira limpa em todos, levando pertences valiosos como jóias e celulares.

“Foi ontem à noite. Nós estávamos jantando, totalmente desatentas para esse tipo de coisa, e três homens armados entraram no restaurante e fizeram uma limpa, um arrastão. Roubaram todas as pessoas que estavam lá dentro, inclusive, claro, eu e minha amiga. Levaram todos os nossos pertences, celular, jóias, anéis, dinheiro”, disse Joana, que afirmou nunca ter passado por isso na sua vida.

Portuguesa, ela conta que nem percebeu o assalto imediatamente, só se dando conta depois que viu um dos criminosos com a arma em punho. Transferida para o Rio de Janeiro em maio, ela disse que só tinha visto coisas do tipo nas matérias que faz para o jornalístico, deixando claro que se tornou vítima de algo que até então só descrevia.

Veja também:

“Não, Datena, nunca, e Deus me livre de experimentar de novo. Nunca tinha passado por isso, nós noticiamos isso aqui todos os dias, e é uma sensação de medo muito grande, de impotência. Realmente, não dá para fazer nada. É aquilo que você sempre fala aqui, Datena: não se pode reagir”, disse a jornalista portuguesa.

Jornalista da Band acabou sendo assaltada (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar