Celebridades, Noticia

Artistas aderem protesto contra Bolsonaro e são atacados

Uma série de famosos que fazem parte de toda televisão brasileira aderiram a uma hashtag e foram devidamente atacados por suas posições na internet. Tudo começou por conta de que os artistas publicaram em suas contas nas redes sociais um apoio a campanha que se estabeleceu contra o presidenciável Jair Messias Bolsonaro (PSL), nestes últimos dias.

O problema foi a quantidade de comentários maldosos feitos pelos que não aderem a campanha e pelos quais são supostamente simpatizantes de Bolsonaro, o que não deixa de ser uma falta de respeito com a opinião dos que apoiaram a campanha. O Brasil é um país democrático ao qual todo cidadão tem o direito de escolher qual o candidato de sua preferência e expressar sua decisão.

Fabio Assunção, Sasha, Deborah Secco, Letícia Colin, Júlia Lemmertz, Dado Dolabella, Maria Ribeiro, Vera Zimmermann e Bruna Marquezine são alguns dos exemplos de artistas que apoiaram a campanha contra Bolsonaro e tiveram que suportar os ataques de outros internautas contrários ao protesto. Marquezine, foi única que privou o comentário do público em sua publicação.

Outra a sofrer retaliações foi a apresentadora Rachel Sheherazade, que apresenta o SBT Brasil. A comunicadora que é conhecida por ter fortes opiniões políticas, também aderiu ao protesto “Ele Não”, após o vice da chapa com Jair Bolsonaro dar uma polêmica declaração. Como diversos artistas fez, Rachel publicou: “Sou mulher. Crio dois filhos sozinha. Fui criada por minha mãe e minha avó. Não. Não somos criminosas. Somos heroínas!”, escreveu. De acordo com o Uol.

Rachel Sheherazade foi atacada por aderir campanha (Foto: Reprodução/SBT).

 

Veja também:

 

 

 

Você também pode gostar