Celebridades

Após ser acusado de racismo, Paulo Gustavo anuncia mudanças em Ivonete

O humorista foi acusado de praticar blackface após interpretar a personagem Ivonete, uma mulher negra e caricata. Paulo Gustavo usou o seu perfil no Facebook para se desculpar com os fãs e anunciar mudanças na personagem que causou essa polêmica.

“Nesses últimos dias li, ouvi, pensei e entendi que há uma longa discussão sobre o uso de ‘blackface’ muito anterior e muito maior do que eu, minha carreira, minha personagem e o 220 volts, por isso decidi refazer a Ivonete sem que ela pareça uma caricatura risível da mulher negra”, contou.

Apesar de se desculpar, o humorista não deixou de ressaltar as qualidades da personagem: “Ivonete é esperta, crítica, consciente e questionadora. É uma brasileira que passa por todas as dificuldades absurdas que todos passamos como a falta transporte eficiente, sistema de saúde precário e violência. Ela se revolta, reclama, exige, sofre, mas não perde o rebolado, mantém-se de cabeça erguida, forte, guerreira e sobretudo alegre”.

Veja também:

E lamentou: “Peço desculpas se ofendi ou magoei alguém. Eu posso pintar minha pele, posso fingir, representar, tentar dar voz a essa mulher, mas eu nunca saberei de verdade como é ser uma mulher negra. Nos textos, a alegria da personagem não fazia dela uma alienada, mesmo assim eu compreendi que a negra animada é um estereótipo que os movimentos negros combatem com razão pois na vida real, muitas vezes, não é nada engraçado. Apesar de conhecer e adorar muitas Ivonetes, ser negro no Brasil é difícil sim. Como ser mulher também é difícil; como ser gay também é difícil”.

O humorista foi acusado de praticar blackface (Foto: Reprodução/Multishow)

O humorista foi acusado de praticar blackface (Foto: Reprodução/Multishow)

Você também pode gostar