Emissoras

Após mais de 20 anos, SBT encerra contrato com Hermano Henning

Durante a polêmica instaurada com as constantes demissões de veteranos no jornalismo, o SBT tinha colocado em sua lista de dispensas o nome de Hermano Henning. Consagrado no comando do “Jornal do SBT”, sua saída virou polêmica. O burburinho foi tamanho que forçou a emissora prorrogar o contrato, que se venceria há três meses atrás.

No entanto, essa prorrogação chegou ao fim e o jornalista pode dar adeus a história que traçou por lá. De acordo com o colunista Flávio Ricco, Henning ficou no SBT até o último dia 31 de maio. A partir de então, ele ficou livre para negociar o passe para qualquer outra emissora.

Demissão de Hermano Henning já estava arquitetada 

Segundo informações do site Bastidores da TV, o jornalista será desligado do canal de Sílvio Santos nos próximos dias. Hermano foi obrigado pelo SBT a tirar férias, para que o canal consiga pensar no que vai fazer, já que o contrato com o jornalista ainda está valendo.

Veja também:

O SBT optou demitir Hermano por considerar que ele já não cabe mais nos projetos de jornalismo da emissora, que tem deixado seus telejornais mais jovem, com uma pegada mais dinâmica, o que não estaria deixando  Hermano Henning tão contente, já que ele não gosta da ideia de ter que apresentar um telejornal ao vivo na madrugada, já que antes ele gravava o “Jornal do SBT” logo depois do “SBT Brasil”.

Aos 71 anos, Hermano busca mais qualidade de vida, e inclusive já teria recebido proposta de uma outra emissora. Vale dizer que Hermano já teve passagem pela TV Globo, onde foi correspondente internacional do canal, cobrindo guerras, copa do mundo, olimpíadas e outros eventos.

Hermano Henning (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar