Celebridades, Noticia

Após comentário considerado racista, Júlio Cocielo perde campanhas publicitárias

Segundo informações do Uol, Júlio Cocielo perdeu diversas campanhas publicitárias, o motivo foi um post em seu twitter envolvendo Kylian Mbappé, um dos craques da seleção francesa. A publicação foi interpretada por diversos usuários como de cunho racista, “Mbappé conseguiria fazer um arrastão top na praia hein”, disse o rapaz logo após a vitória da França sobre a Argentina.

Além das pessoas comuns, Giovanna Ewbank e Bruno Galiasso também decidiram comentar a situação polêmica. “Odeio ter que postar coisas tão repugnantes e tristes como essa…mas é necessário! Ainda fico chocada como podem existir pensamentos como desse tipo de pessoa. Isso não é uma brincadeira e nunca foi! Isso é racismo!”, postou Giovanna em seu twitter.

O youtuber se mostrou bastante arrependido, após fazer um pedido de desculpas, escrevendo o seguinte: ‘”Não existe justificativa, isso me fez me sentir muito mal só de imaginar ter sido uma pessoa escrota. Arrependido e arrependido. Lição pra vida! Nunca mais se repetirá. Peço desculpas publicamente por ter ofendido inúmeras pessoas”.

Veja também:

Porém isso não foi o suficiente, e ele acabou perdendo contrato com empresas de renome, como é o caso do Itaú e do site Submarino.  “O Youtuber citado não faz mais parte de qualquer peça de comunicação de nossa campanha. Reforçamos que o Itaú repudia toda e qualquer forma de discriminação e preconceito. Esperamos que o respeito à diversidade sempre prevaleça”, comunicou o banco.

Júlio Cocielo perdeu contratos após comentário considerado racista em seu twitter (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar