Séries

Antes mesmo de estrear na TV, “Carcereiros” tem segunda temporada garantida na Globo

Recém-estreada na Globo Play e prevista para estrear na TV aberta em abril de 2018, “Carcereiros” empolgou os executivos globais e ganhou a segunda temporada. De acordo com informações do jornal “O Globo” desta segunda-feira, 12 de junho, os roteiristas da série iniciaram o processo de escrita de mais 12 episódios.

Espera-se que o elenco seja o mesmo da primeira temporada, e agora a preocupação está sendo com os demais detalhes em volta das gravações, que estão garantidas para o ano que vem.

A direção trabalha em arrumar uma nova locação para a série, já que a primeira temporada foi gravada no presídio de Votorantim quando o local ainda não tinha sido inaugurado. Estuda-se reconstruir o presídio na cidade cenográfica.

Com um ar de TV paga, sangue, palavrões; saiba o que esperar de Carcereiros

Apesar da movimentação interessante, “Carcereiros” só terá sua estreia no ano que vem. No entanto, isso não quer dizer que a série já não comece e despertar a curiosidade de muitos, que por suas vezes começarão a notar que a narrativa do trabalho em questão será diferente daquilo que a Globo faz nos últimos tempos, com destaque para as suas novelas, que sempre sofrem um realismo maquiado, que nem sempre vai de encontro ao visto no dia a dia.

Veja também:

A série “Carcereiros”, que mostrará a rotina de um presídio em sua trama central, virá com elementos que deixe o público mais próximo da ideia do que é um presídio, e isso inclui sangue, muitos palavrões, sujeiras dentre outras coisas que não são usadas em novelas. O roteirista Denilson Carvalho, declarou ao site Notícias da TV, que esse é um caminho indispensável em “Carcereiros”, para que o projeto possa ter a narrativa adequada.

“Não dá para lidar com um universo desses sem ousar, mesmo que a série vá ser exibida em um horário mais tarde na TV. Tentamos abarcar todos os assuntos com o máximo de textura e realidade possíveis. Os jornais contam essas histórias todos os dias, precisamos dar a intensidade que o assunto pede, para mover as pessoas. Então, sim, nós carregamos as tintas o tanto quanto a credibilidade nos permitiu”, dirá.

“Carcereiros” tem estreia prevista para o ano que vem (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar