Noticia, Novelas, O Outro Lado do Paraíso

Anderson Di Rizzi se prepara para viver novo personagem em O Outro Lado do Paraíso

Em breve, a segunda fase da novela O Outro Lado do Paraíso contará com novos personagens e atores que entrarão na trama escrita por Walcyr Carrasco. Um destes será Juvenal, o qual será interpretado pelo ator Anderson Di Rizzi, que fez o inesquecível Zé dos Porcos em Êta Mundo Bom (2016), também de Walcyr Carrasco.

Segundo o colunista Flávio Ricco, do UOL, o global viverá na pele de um lapidador de pedras e prestará serviços para Sophia (Marieta Severo). No mais, para enfrentar o novo desafio, o ator ainda teve de passar por um teste em uma empresa, cuja fica localizada no centro de São Paulo, a fim de aprender a lapidar pedras preciosas.

+ O Outro Lado do Paraíso tem audiência menor que a Sessão da Tarde em Recife

+ Espancamento de Clara volta a chocar o público de O Outro Lado do Paraíso

+ Globo entra em desespero com quedas constantes na audiência de O Outro Lado do Paraíso

Além disso, Di Rizzi também foi obrigado a passar por uma transformação em seu visual, onde adquiriu barba e bigode, assim como um modelo de roupa considerado econômico. “As pessoas podem esperar por um personagem diferente de tudo que já fiz na televisão”, prometeu o ator, que já se encontra realizando seu quinto trabalho ao lado de Walcyr.

Anderson Di Rizzi está de volta em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Divulgação)

Em O Outro Lado do Paraíso, personagem de Tainá Muller vai ser vítima de violência doméstica

Veja também:

Com uma grande reviravolta em O Outro Lado do Paraíso, o posto de saco de pancadas de Gael (Sergio Guizé), até então ocupado por Clara (Bianca Bin), será sucedido por Tainá Muller, na segunda fase da novela de Walcyr Carrasco. A personagem da atriz, que retorna às telinhas após dois anos, será Aura, nova namorada do filho de Sophia (Marieta Severo).

Na trama que terá passagem de dez anos, previsto para acontecer no dia 28 de novembro, ela sofrerá agressões constantes do rapaz. Em entrevista concedida ao jornal Extra, Tainá destaca a abordagem da violência doméstica no folhetim, que tem chocado o público.

“É um tema que está sendo cada vez mais falado e que bom, né, porque precisamos debater muito. O Brasil é um dos campeões em violência contra a mulher e o Walcyr Carrasco está sendo genial em abordar isso no horário nobre, com essa coragem”, comenta.

Mãe de Martin, nascido em 2016, fruto do seu relacionamento com o diretor Henrique Sauer, a global se mostra preocupada em relação a educação que vai dar ao seu filho, no futuro. “Vejo no meu filho uma pureza que tenho medo que ele perca por uma imposição do sistema. O machismo reprime não só as mulheres, mas os homens também e se fala pouco nisso. No que depender de mim, ele não será machista”, finaliza.

Tainá Muller é Aura em O Outro Lado do Paraíso (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar