Celebridades

Agência é acusada de racismo, após declarar que é difícil encontrar ator negro bonito

Uma agência de casting que está selecionando atores para a série de ficção “3%”, primeira produção brasileira da Netflix, gerou polêmica após vir a público um e-mail com o teor de racismo. Na mensagem a agência ‘+Add Casting’ declara que está procurando “um ator negro muito bonito”.

O texto continua dizendo que “a direção gostaria que ele fosse negro, então o ideal seria ter um ator negro e muito bonito, mas conscientes do grau de dificuldade, faremos teste também com os bons atores, lindos, que não sejam negros.” De imediato, o caso gerou repercussão na internet.

A Netflix, assim como Boutique Filmes (produtora da série), lamentaram o que aconteceu e declararam que estão tomando as devidas providências sobre o caso. A ‘+Add Casting’ também emitiu um comunicado se desculpando e dizendo que foi “equivocadamente mal interpretado como racista.”

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)