Academia reforça compromissos após polêmica no Oscar deste ano

Nesta última quarta (29), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (AMPAS), divulgou uma lista com os nomes dos 683 profissionais que podem vir a se tornar membros da instituição.

 
Segundo informações do site ‘SRZD’, o convite reforça o compromisso de Cheryl Boone Isaacs com medidas de inclusão após toda a polêmica em torno do Oscar deste ano.”Estamos orgulhosos de receber estes novos membros da Academia, e sabemos que eles veem isso como uma oportunidade e não apenas um convite, uma missão e não apenas uma associação”, afirmou a presidente da academia, Cheryl Boone Isaacs.

 

 

Ao todo são profissionais de várias áreas e nacionalidades (59 países), sendo que 41% não são caucasianos e 46% são mulheres. Caso eles aceitem o convite, a AMPAS terá em seu quadro geral 27% de mulheres e 11% de não-brancos, o daria um aumento de 2% e 3%, respectivamente, em relação ao quadro atual.

 

 

Dentre os 683 convidados, 283 são estrangeiros, incluindo 11 brasileiros: os diretores Alê Abreu e Anna Muylaert; o diretor de fotografia Lula Carvalho; o produtor Rodrigo Teixeira; a roteirista Vera Blasi; os editores Affonso Gonçalves e Pedro Kos; o ilustrador Rodolfo Damaggio; o animador Renato dos Anjos; e os compositores Marcelo Zarvos e Antonio Pinto.

 

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.