Aguinaldo Silva revela: “Das novelas que escrevi, Império foi a mais bem escrita”

“Das novelas que escrevi, [Império] foi a mais bem escrita. Na minha idade, 72, a gente começa a ligar o automático. Ali percebi que não podia fazer isso. Essa premiação mostra algo óbvio, mas não muito bem visto: o novelista tem que se matar, se quiser fazer uma boa novela. Não basta fazer o rotineiro, tem que ir além”, revelou.

O novelista alegou que as novelas sofrem com as críticas do politicamente correto. “Não há nada mais venenoso, mais destruidor para o melodrama, que o politicamente correto. No final de “Império”, o protagonista adorado, o comendador (Alexandre Nero), morre. Uma ousadia que se vê em “Breaking Bad”, não em novelas”, avaliou.

Ele ainda afirmou que mesmo “Império” tenha marcado 33 pontos de média, isso não representa decadência das novelas. “A recordista deste milênio é ‘Senhora do Destino’ (2005), que teve média de 50,4 pontos no Ibope [em SP, cada ponto equivale atualmente a 67 mil casas]. ‘Império’ que fez um sucesso, deu 33,7 pontos de média. É uma diferença brutal. Não significa que as novelas estejam em decadência. Mas o modo de ver televisão mudou muito”, analisa.

(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários