Vagner foi o sexto eliminado do BBB 14 e disse que sentiu atração por João

Com aproximadamente com 50% dos votos, o paulistano Vagner foi o sexto eliminado do “BBB14”, na noite dessa terça-feira (28). Ele disputou a preferência do público em um paredão triplo formado composto ainda pelo gaúcho Cássio e pela produtora de eventos Franciele.

Em seu discurso, Bial contou algumas mentiras sobre os brothers na casa: “Cássio, seu pai não veio porque tá muito triste por suas atitudes aí dentro. Depois do seu mergulho pelado na piscina, então. Seu pai também não veio, Fran, porque não aguenta mais ver você fazendo coisas embaixo do edredom. Vagner, líderes da comunidade gay declararam que você é uma vergonha para a categoria”. Em seguida, disse que a única verdade era a eliminação de Vagner.

Do lado de fora, Bial recebeu Vagner exaltando sua alegria. “Vagner é um exemplo de fé e alegria, sempre sorrindo. Vagner, achei que você iria mais longe”, disse o apresentador ao brother eliminado.

“O João foi o que eu achei mais interessante. Eu gosto desse tipo de homem: careca, fortinho, marrento e tatuado”, revelou para os jornalistas. Mas fez questão e deixar claro que não passou de atração: “Achar uma pessoa interessante não quer dizer que estou louco por ele”.

Sobre a eliminação, ele se diz surpreso: “A gente não tem noção do que se passa aqui fora e vamos fazendo nosso papel lá dentro. Mas eu achei que entre as pessoas que estavam no Paredão, eu tinha chance de ficar. Eu fiz o meu papel, aproveitei ao máximo lá dentro, tinha esperança de ficar mesmo”.

Ele acredita que o motivo da eliminação foi uma brincadeira que fez com a comida que desagradou os outros brothers: “Talvez as algumas pessoas já estavam se sentindo incomodadas comigo. É o que falei: Prego que se destaca, leva martelada. E eu adoro me destacar”.

E afirmou: “Eu me senti o grande jogador. Não vou mentir, não gosto de mentir. Eles achavam que eu não estava me posicionando no jogo, mas esse era meu jogo. Eu estava me posicionando, mas jogando de forma aleatória. Eu me dei bem com todo mundo. Não tem como se posicionar num jogo de quinze dias, com vinte pessoas, em que todo mundo é amigo de todo mundo no início”.