“Telecurso” não será mais exibido na Rede Globo

telecursoFim do “Telecurso” na Rede Globo, com uma campanha que vai permear toda a programação da emissora, a iniciativa é uma ação em parceria com a Fundação Roberto Marinho, que anunciou nesta terça-feira (4) a expansão do Telecurso para a internet, celulares e tablets.

“Esta é mais uma demonstração do compromisso da Globo com a educação. Com a migração do Telecurso para a internet, os alunos poderão assistir as aulas na hora que quiserem e onde quiserem. Acreditamos que a expansão para a internet vai oferecer ainda mais recursos e benefícios para o público, complementando a experiência que ele encontrava na TV. Por isso, vamos disponibilizar espaço ao longo de toda a programação para que as pessoas possam conhecer esta nova plataforma de distribuição das aulas”, reforçou Sergio Valente, diretor de Comunicação da Globo.

Uma série de filmes entra na programação da emissora a partir do dia 12 de novembro. Além de destacar o alcance do Telecurso ao longo de 36 anos de trajetória – sete milhões de estudantes, 40 mil professores, 32 mil salas de aula e mais de 1.500 instituições parceiras em todo o Brasil – a campanha, desenvolvida pela área de comunicação da Globo, pretende mobilizar a população para a ampliação do acesso e destacar o maior legado que o Telecurso proporciona aos estudantes: a realização dos seus sonhos.

O Telecurso será exibido na Globo até o dia 14 de novembro.