“Tá na Tela” abusa do sensacionalismo e deixa matérias anunciadas esquecidas

Luiz BacciO grande investimento da Rede Bandeirantes em Luiz Bacci foi grande, tanto no programa quanto no salário do apresentador que chega a R$ 300.000,00. Em busca de audiência ou pelo menos grandes picos no IBOPE o programa abusa do sensacionalismo e promete matérias para o público e não exibe.

No programa de hoje “Tá na Tela” conseguiu 4,0 pontos de picos de audiência abusando do assunto de Suzane Von Richthofen, conhecida como a mandante do assassinato dos pais a tempos atrás.  No dia 28/10/2014 o programa noticiou uma matéria sobre o canibalismo, onde as pessoas pegavam carne humana e faziam coxinhas para os clientes.

Como a audiência do programa hoje foi considerada agradável para a emissora, o programa “Tá na Tela” não se preocupou com a matéria de canibalismo onde haviam anunciado a exibição da matéria no dia 28/10 e continuou falando sobre o caso de “Sandrão” e Suzane Von Richthofen. A falta de respeito com o telespectador é tremenda, um programa onde não há respeito sobre a pessoa que está assistindo não merece o mínimo de respeito e muito menos uma audiência de grandes índices.

@Redação FanWeb