Sumida da TV, Tássia Camargo prepara livro e rejeita volta à Record

Foto:Reprodução

Foto:Reprodução

Longe da TV desde 2007, Tássia Camargo prepara livro que mistura autobiografia com ficção. Um dos capítulos da obra será dedicado à perda de sua filha, Maria Júlia, de apenas dois anos. A menina morreu vítima de rubéola, em 1996.

“Parei de contar quantos anos ela teria. Na minha cabeça, ela aparece com dois anos. Sempre que vejo uma criança, penso: ‘Podia ser minha filha’. Tem dias que falo normalmente sobre isso, mas em outros, que estou mais sensível, não dá para comentar”, disse ao jornal “O Globo”.

A atriz, ao longo dos últimos anos, dedicou seu tempo ao teatro. Atuou em diversas peças, como “Uma Lição Longe Demais” e “Se Você Me Der A Mão”, além de estar preparando uma produção baseada em um texto de Eugène Ionesco.

“Tanto nas ruas como nas redes sociais, as pessoas me param e me perguntam o que eu estou fazendo. É engraçado porque parece que se você não está na tela, não está fazendo nada. Mas eu nunca parei de trabalhar”, destacou.

O último trabalho de Tássia na TV foi em “Vidas Opostas”, da Record, emissora para a qual ela “não quer voltar por nada”. A artista, aliás, chegou a mover um processo por direitos trabalhistas contra o canal da Barra Funda.

Já à Globo, na qual atuou em sucessos como “Tieta” e “O Cravo e a Rosa”, ela garantiu que retornaria.

“Ficar fora da TV foi uma coisa que aconteceu normalmente. Alguns diretores falaram comigo, mas não fechei nada com ninguém.”