Sem chance! Brasileiro é executado na Indonésia

Mesmo com apelo da embaixada e até mesmo da presidente Dilma Rousseff a Indonésia foi irredutível e agora a tarde anunciou que o brasileiro Rodrigo Gularte foi executado, aos 42 anos de idade Rodrigo estava preso na Indonésia desde 2004 quando foi pego tentando entrar no país asiático com uma grande quantidade de drogas dentro de uma prancha.

A família do rapaz quando soube que o mesmo teria sido condenado a morte, vinha tentando convencer as autoridades da Indonésia de que o brasileiro sofria de problemas mentais e de acordo com as leis indonésias nenhum preso deve ser executado se não estiver em plena consciência mas ainda assim os laudos emitidos pelos médicos asiáticos mostrarão que Rodrigo estava bem e poderia ser executado.

Nos últimos dias a mídia já vinha dando conta de que estava chegando ao fim os dias de Rodrigo Gularte na prisão, em seguida as autoridades da Indonésia disseram que a qualquer momento o mesmo poderia ser executado fazendo com que a embaixada brasileira corresse contra o tempo para conseguir um perdão do governo indonésio, perdão esse que não aconteceu nem com o pedido de clemência da presidente Dilma, hoje a tarde o brasileiro acabou fuzilado.

Com isso acaba surgindo um outro problema que é o diplomático, tendo em vista que esse é o segundo brasileiro morto na indonésia só em 2015, com isso o Brasil passa enfrentar uma crise diplomática com o país indonésio que tão cedo deverá ser resolvida, vale lembrar que Rodrigo Gularte foi morto com mais 9 presos.

(Foto: Reprodução/Internet)

(Foto: Reprodução/Internet)