SBT “transforma” homens gays em héteros na novela “Sortilégio”

Disposto a evitar polêmicas e driblar possíveis contraindicações do Ministério da Justiça, o SBT tem promovido cortes e até mesmo alterado a sinopse de “Sortilégio”. A trama mexicana que é exibida às 16h15 pela emissora de Silvio Santos possui em seu roteiro original um casal gay formado pelos personagens Ulisses (Julián Gil) e Roberto (Marcelo Córdoba).

A dublagem produzida pelo SBT, porém, ‘transformou’ a dupla em homens héteros, alterando o teor de suas falas. Cenas da intimidade dos personagens, que evidenciariam a orientação sexual de ambos, foram eliminadas na edição. Eles apenas trocam gracejos e se entreolham.

Procurado, o SBT disse que “todas as edições feitas são para adequar a novela à classificação indicativa para o horário de exibição, de acordo com a lei”. A trama mexicana é imprópria para menores de dez anos, mas o Ministério da Justiça não veta insinuações homossexuais. O mais curioso é que cenas mais pesadas, como o sexo na sombra entre os protagonistas Alessandro (William Levy) e Maria José (Jacqueline Bracamontes) foram ao ar.

sbt_casal_gay_interna

Foto: Divulgação