SBT se torna vice líder do país em Julho do ibope

SBT VS RECORDNo mês de julho, se contadas as casas decimais, o SBT obteve um feito: ficou à frente da Record não só nas principais faixas horárias, mas principalmente nas 24 horas do dia, segundo dados consolidados do Painel Nacional de Televisão (PNT).

Foram 31 dias em julho sem que o SBT perdesse um único dia para a concorrente. Foram 28 dias em primeiro lugar e três dias de empates. Enquanto o SBT ficou com 4,4 pontos de média nas principais regiões metropolitanas do país, a Record ficou com 4,0.

Claro que, se forem usados os arredondamentos, as duas emissoras acabaram tecnicamente empatadas, mas em tempos de guerra declarada por cada centímetro de audiência, vale ressaltar também as casas decimais.

Na faixa nobre (18h a 0h), a mais importante comercialmente, o SBT ficou à frente (contando decimais) em 19 dias – ou seja, 61% de aproveitamento.

Cabe lembrar que nenhuma das duas emissoras fez nenhum investimento específico no mês de julho, tampouco modificou sua programação.

Um fato relevante poderia ser a saída de Luiz Bacci, que mudou para a Band. No entanto, o “Balanço Geral”, agora comandado por Reinaldo Gottino, manteve as mesmas médias de antes.

Um outro fato a ser levado em conta pode ser também a imensa quantidade de chamadas e matérias a respeito da inauguração do Templo de Salomão durante todo o mês de julho na Record, um tema que interessa apenas a fiéis da Igreja Universal, em detrimento de quem se interessa apenas por programação laica – caso do SBT, única emissora aberta a não ter nenhum horário de sua programação cedido a qualquer igreja.

Aliás, em todo o dia, é justamente durante as madrugadas que o SBT, com suas séries norte-americanas e jornalismo, abre a maior vantagem no ibope sobre a Record com sua programação exclusivamente religiosa