SBT erra de novo e volta com o “Chaves”

Uma grade de programação estável é o ponto chave para a consolidação de qualquer audiência para todas as emissoras no país. A única que parece ter consciência plena disso é a Globo, que é líder de audiência inquestionável.

A Rede Record pena mas parece ter uma mínima noção de programação (pelo menos é o que se mostra nos números), por não mexer na espinha dorsal da grade de programação como sua base é o jornalismo o canal tem consciência mínima de que se alterar alguma coisa neste departamento perderá a vice-liderança conquistada á duras penas e mantida somente em virtude de sua parte jornalística.

Já o caso mais grave que temos entre as grandes emissoras é o SBT, no qual a base da grade é composta por reprises durante toda a tarde (das 14h30 ás 19h45) com várias novelas reprise que não funcionam como antes, o “Caso Encerrado” programa dublado (que mais parece novela) chega ao fim com uma audiência pífia e por esta faixa em que a atração passou vários outros programas foram testados, mais reprises foram colocadas no ar e tirada quinze dias depois, agora mais uma vez a emissora de Silvio Santos se mostra amadora e recorre a um produto que já teve seus dias de glória para salvar uma faixa morta.

A Band de todas as emissoras (com exceção da Globo) é a que tem a grade mais equilibrada de todas, com o respeito ao seu telespectador mantido, o canal inicia seus programas na hora que os anuncia.

A RedeTV… não cabe nenhum tipo de comentário.

 

Texto: Gustavo Henrique Dill

As opiniões do autor não refletem o pensamento do site.