Ronaldo Ésper acha que Clodovil foi assassinado

Ronaldo Ésper, em entrevista ao “Programa Raul Gil”, deu uma declaração para lá de polêmica a respeito da morte de Clodovil Hernandes – em março de 2009.

“Eu acredito que Clodovil foi assassinado por uma pessoa que frequentava a casa dele, contudo, não posso provar”, disparou, para espanto do público. A entrevista vai ao ar neste sábado, 28.

Clodovil sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e foi internado às pressas, em março de 2009, em Brasília, DF. Permaneceu na UTI, Unidade de Terapia Intensiva, por dois dias, quando sua morte cerebral foi confirmada.

(Foto: AgNews)

(Foto: AgNews)