Romário se recusa a fazer o bafómetro em blitz e tem sua carteira de motorista aprendida

O deputado federal Romário de Souza Faria, campeão do Mundo de futebol em 1994 e grande crítico da realização do Mundial 2014, recusou a fazer um teste de bafómetro e ficou com sua carteira de motorista aprendida .

Ele se recusou a soprar no bafómetro durante Operação Lei Seca no sábado, no Rio de janeiro,  e foi punido com apreensão de carta e com inclusão de sete pontos, além de uma multa de 1915,40 reais, segundo a Secretaria de Estado do Governo do Rio de Janeiro, citada pelo G1, o portal de informação da Globo.

O antigo goleador, de 48 anos, deputado desde 2010, tem-se destacado nos últimos meses pelas suas posições contra os gastos públicos na organização do Campeonato do Mundo de futebol de 2014, que se realiza no Brasil entre 12 de junho e 13 de julho.