Rezende diz que Datena ‘ficou com inveja’ de sua imitação “Marcelo Sem Dente” no Pânico.

Marcelo Rezende comanda o "Cidade Alerta" da Record (Foto: Divulgação)

Apresentador do Cidade Alerta,Marcelo Rezende soltou a língua durante participação no Hoje em Dia nesta quinta-feira (10). O jornalista criticou o fato de a Band usar o apelido que ele deu a Luiz Bacci, Menino de Ouro, nas chamadas que anunciam o novo contratado. Também acusou José Luiz Datena de vetar a imitação que o Pânico fazia dele, com o personagem Marcelo Sem Dente: “O pessoal do Pânico não faz mais [a imitação] porque o Datena não deixa, ficou com inveja”, alfinetou Rezende.

O Hoje em Dia mostrou bastidores do Cidade Alerta, depoimentos no estilo do quadro Arquivo Confidencial, do Domingão do Faustão, e ainda colocou o jornalista para tomar café da manhã com outros convidados e para cozinhar com Edu Guedes. Marcelo Rezende foi tratado como a grande estrela da Record. Sua trajetória foi apresentada como um “homem que veio de baixo, que morou em cortiço” em tarjas do programa.

Ao falar dos seus bordões que caíram na boca do povo, como o “Corta pra mim”, Rezende disse que não fica em casa olhando para o teto e pensando no que vai dizer. “São coisas que saem espontaneamente”, afirmou ele, que emendou em tom de brincadeira a crítica à Band. “Vou avisar esse povo da Bandeirantes. Fiquem bem ligados. Eles deveriam inventar algo lá, mas estão usando o que inventei. Eu vou tirar esse programa do ar, hein? Poxa, acabei de fazer uma propaganda para o Bacci”, disse Rezende, referindo-se à apropriação da emissora concorrente ao apelido que ele deu ao colega. Nas chamadas da Band, o ex-Record é apresentado como Menino de Ouro.

Em outro momento, o apresentador cutucou o âncora do programa rival ao seu, José Luiz Datena. Ele disse que se diverte com as imitações que fazem dele, principalmente a do Marcelo Sem Dente. “O pessoal do Pânico não faz mais porque o Datena não deixa, ficou com inveja. Já pedi para ele liberar, mas ele não libera”, disse Rezende aos risos.