“Repórter Record Investigação” (16/03/2015) – destaques

Em uma reportagem inédita, o Repórter Record Investigação desta segunda-feira, 16/03, entra no mundo sombrio  da “Deep Web“, o chamado esgoto da internet.  Um local sem qualquer controle, onde se cometem crimes inimagináveis, como a contratação de assassinos, venda de armas, tráfico de pessoas e pedofilia.

Os repórteres do programa mostram como agem os exploradores e aqueles que abusam sexualmente de crianças nesse território sem lei. E revela como os pedófilos capturam suas vítimas no submundo virtual.

O jornalístico acompanha, com exclusividade, os passos de um aliciador de menores. Ele quer seduzir uma menina de 12 anos. Sem saber que a garota é uma produtora da equipe, ele insiste em levá-la ao motel com um RG falso. “Como que eu vou entrar lá”, pergunta a jornalista. Ele responde: “Eu não falei que eu tenho RG?”.

E ainda: as marcas de quem quer esquecer os horrores da pedofilia. E o depoimento inédito de um pai de família que assume ter desejo por crianças.