Record paga multa de Sabrina Sato ao “Pânico”

Sabrina sato

Segundo informações da colunista Keila Jimenez e do site Natelinha, Sabrina Sato e a turma do “Pânico” retomaram a paz, depois de farpas após a mudança da japa para a Record.

Isso porque a emissora de Edir Macedo terminou de pagar a multa pela quebra de contrato de Sabrina com o empresário e criador do “Pânico”, Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha.

Sabrina Sato foi contratada pela Record depois de uma polêmica negociação em dezembro de 2013, mas na época ela tinha contrato vigente com o humorístico, que iria até 2015.

Na ocasião, a japa deixou bem claro que a emissora de Edir Macedo pagaria a multa, mas Tutinha, extremamente incomodado por ter perdido a musa do “Pânico”, disse que iria à Justiça buscar os seus direitos.

Mas não foi preciso. A Record e o empresário se entenderam e a rede já pagou a multa de cerca de R$ 1,5 milhão, valor que foi dividido em cinco vezes.

Na época do humorístico, comenta-se que Sabrina tinha um salário fixo de 100 mil reais, além de mais R$ 200 mil com merchandising e campanhas publicitárias. Já na Record, ela ganha cerca de 1 milhão de reais por mês.

Estreado em abril, o “Programa de Sabrina” é vice-líder de audiência aos sábados, com uma média de 7 pontos na Grande SP.