Record obrigada todos funcionários a usar crachá

Rede Record LogoOs seguranças da Record estão fazendo blitze e obrigando os funcionários da emissora a usarem crachás. Um comunicado distribuído pelo departamento de Recursos Humanos informa que a partir desta segunda-feira (28) todo profissional só poderá circular pela emissora com crachá em “local visível” do corpo. A medida surpreendeu principalmente repórteres, que não gostam de andar com a identificação funcional pendurada no pescoço. Muitos reagiram irritados ao serem abordados por seguranças na semana passada.

Os seguranças da rede de Edir Macedo, no entanto, fizeram a medida começar a virgorar antes. Desde quinta-feira (24), ficam plantados em pontos de grande circulação interna e abordando todos os que não usam a identificação funcional. Os seguranças estão avisando que nesta semana os “infratores” serão punidos com advertência e, em caso de reincidência, suspensão. Nova reincidência poderá resultar em demissão.

A medida só não vale para apresentadores. Alguns repórteres que aparecem no vídeo ficaram indignados ao serem “enquadrados” pelos novos seguranças que começaram a trabalhar recentemente na sede da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo. Eles se sentem ofendidos por não serem reconhecidos.

A Record sempre foi liberal quanto ao uso de crachá. Ele era obrigatório para a entrada na sede da emissora, mas a circulação era permitida sem a exposição do dispositivo.