Record não renova contrato com Cristianne Fridman

A Record dispensou mais um grande nome de sua teledramaturgia. Depois de dez anos de serviços bem prestados, a autora de novelas Cristianne Fridman não teve seu contrato renovado com a emissora dos bispos.

O motivo encontrado pela Record para não renovar o vínculo com a autora, segundo informações da colunista de televisão Patrícia Kogut, foi que já existem mais de sete autores titulares e poucos produtos pela frente.

Isso, por outro lado, pode também ser explicado como um dos sinais da crise que se alastrou por lá. Cristiane Fridman escreveu para a Record sucessos como “Vidas em Jogo”, “Chamas da Vida” e “Bicho do Mato”.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)