Record grava chamadas para informar telespectadores sobre o fim do sinal analógico nas parabólicas

As emissoras de TV já agilizam o fim do sinal analógico que está por perto e começa no próximo ano. A primeira, de forma esporádica aos prazos predefinidos de acordo com o cronograma expedido pelo ministério das comunicações  foi a TV Cultura que desde a madrugada de ontem (22) para hoje (23), já não dispõe mais de seu sinal analógico apenas para as antenas parabólicas. A Record, que já fez isto com a Record News para os telespectadores da parabólica, pode fazer brevemente o mesmo com seu sinal.

Durante a semana passada, de acordo com a coluna do Flávio Ricco, Ticiane Pinheiro, Britto Junior, Marcos Mion, Cássio Scapin, Reinaldo Gottino, Rodrigo Faro e Fernando Pavão estiveram na sede da emissora para gravar um “teatrinho” que serão exibidos como chamadas durante a programação da emissora para os telespectadores que os-acompanham nas antenas parabólica pelo sinal analógico, solicitando para que eles migrem para o sinal digital da parabólica, que já está disponível há anos no satélite C2.

No teatrinho criado pelo departamento de criação visual da emissora será mostrada uma ambulância, onde, ao abrir das portas traseiras, retiram uma maca com uma TV de tubo em cima e é levada nas pressas para a emergência. Rodrigo Faro questionará “O que ela tem doutor?“, e Fernando Pavão que está caracterizado de médico irá responder “O sinal analógico está morrendo“, logo, serão exibidas informações das estrelas da casa sobre como funcionará o tal apagão que tem previsão para ocorrer em sinal aberto a partir de abril de 2016.

(Imagem: Divulgação/Record)

(Imagem: Divulgação/Record)