Record Bahia muda cenário, mas não muda a fórmula.

Recentemente a Record Bahia que é afiliada da Record na Bahia promoveu uma grande reformulação nos seus cenários e na identidade visual da sua programação sem falar em algumas mudanças na grade e com isso o programa “Se Liga Bocão” apresentado pelo apresentador José Eduardo foi extinto e no lugar a emissora deixou apenas o balanço geral e realocou o apresentador José Eduardo para apresentar o mesmo.

A promessa foi um Balanço Geral com um conteúdo mais leve sem perder o foco que de fato é a informação. Acontece que na verdade não teve procedência nenhuma nisso, o Balanço Geral vespertino estreou e o que vimos? O mesmo show de sensacionalismo de sempre promovido pelo mestre baiano na arte de fazer uma tempestade em copo d´água, ele mesmo: José Eduardo ou simplesmente “Bocão” como é mais conhecido na Bahia.

Ele é como se fosse o Geraldo Luiz em versão local, tem como missão segurar  o público até o final do programa com base em pelo menos um assunto polêmico por dia que muitas das vezes chega a ser cansativo para os telespectadores que aos poucos vem deixando a atração de lado. Antes ainda quando era “Se Liga Bocão” o programa chegava a marcar 12,0 pontos de média e incomodava o Bahia Meio Dia , (tv bahia\ globo) e vencia o Globo Esporte que vem logo depois.

Hoje o cenário é literalmente diferente e o programa beira os 8,0 pontos e garante a vice-liderança para a emissora ainda assim sendo ameaçado e as vezes até vencido pelo “Na Mira” Da Tv Aratu, afiliada do Sbt. Que vem vivendo uma boa fase em sinônimo de audiência.

Acho que a Record tinha que rever suas fórmulas e apostar em mais conteúdo e mobilidade afim de resolver os seus problemas de audiência em especial nos repórteres que mais parecem amadores que resolveram aparecer na tv e só, se a Record Bahia continuar com esse velho e ridículo jeito de fazer jornalismo, logo, logo a emissora vai estar lutando pelo terceiro lugar.

Fanweb

(Zé Eduardo no comando do Balanço Geral / Record Bahia)