Raquel Fabbri sofrerá bullying em “Alto Astral”

raquel_frabbri_com_leicamRaquel Fabbri não precisou mudar seu estilo de vida para viver Bia, irmã de Gustavo (Guilherme Leicam) na próxima novela das 19h “Alto astral”. A diferença entre a atriz e sua personagem, uma mulher que ganha muito peso por causa de traumas, é a autoestima.

– Sou muito bem resolvida com meu corpo, mas a Bia sofre muito por não aceitar que está gordinha e com o bullying que seu irmão faz. Não tenho problema de falar meu peso, 93kg em 1m63cm. Acabou que isso faz parte do meu trabalho.

Formada em jornalismo e funcionária da área de conteúdo da programadora Globosat, a atriz, de 26 anos, que começou a carreira na televisão com participações no remake de  “Gabriela” e na série “As brasileiras” (2012), diz que o excesso de peso provocou um transtorno alimentar grave na adolescência.

– Sofri anorexia aos 15 anos. Quase fui embora, foi bem pesado. Comecei a diminuir cada vez mais a comida e não percebi que estava caindo nessa. Cheguei aos 46kg. Vi que estava surtando quando fui escovar os dentes e quis contar as calorias da pasta. Voltei ao peso aos 18 anos e desde então fiquei no engorda-emagrece. Agora é a fase em que estou mais gordinha.

Raquel espera que Bia ajude as pessoas a se aceitarem.

– Estamos numa época de Photoshop, em que tudo é postado com filtros. Estou colocando minha experiência na personagem. Já passei por todo esse problema com o corpo, agora  me aceito como sou e estou podendo mostrar que o gordinho passa uma imagem de engraçadinho, mas pode esconder uma dor muito grande.

Guilherme Leicam, ela conta, fica preocupado em não magoá-la com o texto hostil.

– Ele é um fofo, um querido.

A atriz é discreta quando o assunto é a vida pessoal.

– Estou namorando, feliz, mas prefiro não falar. Ter filho é algo mais para frente. Sou nova ainda.