Rapper Thaíde revela em entrevista que já tentou cometer um assalto, Confira

Nesta tarde desta quarta-feira (27) o Pânico, na Jovem Pan, recebeu como convidado o rapper Thaíde que falou sobre sua vida pessoal, carreira e como conseguiu seguir a vida sem entrar para o mundo do crime.

Durante a entrevista, o músico confessou que quando era bem mais novo, chegou a tentar cometer um assalto usando uma arma de brinquedo de sua mãe que ‘parecia muito de verdade’.

Mesmo com o tempo ele ainda carrega essa cena do assalto na sua memória, algo que ele sente muita vergonha, ate mesmo a maior vergonha da vida dele.

 “Faz muito tempo… Eu ainda não sentia hip hop e nem dançava break. Ouvia samba e funk na época. Minha mãe tinha um 38 de brinquedo. Com dois amigos conversando, aquele papo de molecote ‘vamos ver se você tem coragem’ fomos para uma esquina… Eu me lembro como se fosse hoje. Ela era negra, estava subindo, e aí eu apontei o revólver para ela e falei: ‘Ó minha senhora, não corre’. Aí ela começou a chorar, abriu a sacola, disse que só tinha papel, que estava indo trabalhar. Naquele momento foi a maior vergonha da minha vida. Lembrei que tinha uma mãe em casa e estava fazendo uma outra mãe chorar”, contou.

Após esse o bate papo, a turma do Pânico e Thaíde entraram na discussão da diminuição da maioridade penal, assunto que sempre gera diversas opiniões e que hoje é algo extremamente comentado.

“Sou contra qualquer tipo de violência, mas não posso ser conivente com essa parada de reduzir a maioridade sem investir em locais de estudo, cultura, sem dar uma alternativa para essas crianças. Falo isso porque já fui uma delas. O crime é onde se abraça mais fácil”, disse.

Sabemos que a única solução para um país diferente não depende de mudanças bruscas ou radicais ou pessoas para julgar, isto em qualquer lugar encontra- se, precisamos de pessoas mais preparadas para mudar a visão dos jovens mostrando que só se tem algo ou se consegue ser alguém através dos estudos ou alternativas que contribuam para algo melhor.

“Muitos jovens são levados a isso pela aventura, adrenalina, e acabam destruindo famílias. Eu vi muitos amigos e parentes morrerem e eu vi que quero viver e ficar velho”.

E lembrando que a programação,  A Liga vai voltar em breve, após terminar a segunda temporada de Masterchef, na Band.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação