Rachel Sheherazade está proibida de opinar no SBT Brasil

Como já foi informado partir de hoje (14), Rachel Sheherazade não pode mais emitir opinião no SBT Brasil. A regra vale para todos os apresentadores de telejornais da emissora, mas a decisão foi tomada após a repercussão negativa dos comentários da jornalista. Em fevereiro, Sheherazade defendeu um grupo de “justiceiros” que deixaram um suposto assaltante de 16 anos preso nu a um poste, no Rio de Janeiro. A jornalista emcampou a campanha “Adote um bandido” e foi acusada de fazer apologia ao crime. Dois partidos (PSOL e PCdoB) protocolaram representações contra a jornalista.

Em entrevista ao site Notícias da TV, Rachel Sheherazade, que voltou hoje à bancada do SBT Brasil após duas semanas de férias, afirma que soube da decisão após se reunir com a direção de jornalismo, direção artística e a vice-presidência do SBT, nesta segunda. A jornalista não acredita que foi vítima de censura e diz que continuará emitindo opiniões em outros veículos, como a internet: “Se o formato do jornal mudar, eu não mudo”.